Por que engordamos no inverno?

Com certeza você já se fez a pergunta acima. Isso porque é muito comum que ganhemos alguns quilos a mais quando estamos passando pela estação mais fria do ano. Mas, será mesmo que isso é normal ou existe uma maneira de evitar o problema?

Pensando nisso, explicaremos para você como se dá o funcionamento desse fenômeno e como você pode evitar o ganho de peso mesmo que no frio.

O problema

A grande questão do efeito “engordativo” do inverno é que o nosso corpo parece sentir mais fome. Com certeza nessa época do ano você se alimenta de alimentos muito mais calóricos do que aqueles que você costuma ingerir no verão, por exemplo. A explicação para tal fato é que, nessa estação, o nosso corpo precisa ser mais aquecido, ou seja, comemos para nos aquecer.

A sensação de que comendo nos manteremos mais quentes é real, e graças a um efeito chamado termogênese – quando nos alimentamos o nosso corpo libera calor. No entanto, comemos mais do que o necessário, o que resulta no nosso velho conhecido: o problema com a balança.

Como evitar?

A dica básica para não engordar no inverno é controlar a alimentação. Escolha os alimentos corretos e evite as calorias em excesso. Além disso, outras duas táticas precisam ser colocadas em prática: aumentar o gasto calórico e manter o metabolismo acelerado.

O gasto calórico é a quantidade de energia que utilizamos durante o dia. Sendo assim, é fundamental manter uma rotina de exercício, porque se movimentar acelera o metabolismo. A musculação, por exemplo, é apontada como uma forte aliada, pois promove o aumento da massa muscular, e um corpo com mais massa muscular garante um metabolismo mais acelerado, facilitando o controle do peso.

 

E se você realmente quer garantir que o inverno passará e você continuará em forma, o ideal é o nosso emagrecedor LINOLIN, que agora possui nova fórmula com 8 óleos funcionais. Desenvolvido nos Estados Unidos, ele é um emagrecedor natural que colabora na redução da gordura corporal, principalmente a que se concentra na região abdominal e que também ajuda a reduzir o apetite, contribuindo para a definição corporal.

Fontes: Veja, Uol, Minha Vida