Os benefícios do alongamento

O alongamento físico é uma atividade que deveria ser recorrente em sua rotina. Feito diariamente, ele exerce muitos benefícios em seu corpo e ajuda no movimento dos seus músculos. Para pessoas com rotinas agitadas ou que praticam atividades informais como andar para o trabalho, o alongamento anterior e posterior a essas atividades pode ser de grande ajuda.

 

Imagem: Google Imagens

 

Apesar do que muitos acreditam, alongamento não é apenas para praticantes regulares de esportes. Sim, antes de jogar aquela partida de futebol ou começar o treino na academia, um alongamento é essencial. Contudo, o alongamento é uma prática que todos deveriam ter um tempinho reservado para a prática todos os dias.

 

Imagem: Google Imagens

 

O alongamento, como a própria palavra já diz, é alongar o músculo, forçando suas fibras a se esticarem. Esse exercício feito várias vezes ajuda na agilidade, elasticidade e na amplitude do movimento corporal. Nota-se também uma maior flexibilidade no músculo, o que proporciona uma melhor execução de movimentos.

 

Imagem: Google Imagens

 

Um bom alongamento após levantar da cama ajuda no relaxamento dos músculos das costas e do pescoço, muitas vezes contraídos durante o sono. O alongamento também é um grande aliado da boa circulação sanguínea, o que significa que além de relaxar os músculos, o alongamento também estimula o bom funcionamento do seu metabolismo, renovando sua energia para começar bem o dia.

 

Imagem: Google Imagens

 

Para quem trabalha muito sentado ou mantém a mesma posição durante horas do dia, o alongamento tem um papel importantíssimo na manutenção da postura, além de retirar a tenção dos músculos. Muitas vezes, ficar muito tempo na mesma posição é prejudicial à circulação e também à sua coluna, então alongar-se algumas vezes durante o dia é extremamente bem-vindo.

 

Imagem: Google Imagens

 

Outro erro recorrente é achar que o alongamento só está sendo eficiente se doer. Claro, quando alongamos nossos músculos vamos sentir algumas “puxadas” que não estamos acostumado a sentir. Porém, se o alongamento estiver doendo, pare imediatamente pois há algo de errado e se forçarmos demais nossos músculos durante o alongamento, a atividade torna-se prejudicial.

 

Imagem: Google Imagens

 

Por isso todo exercício de alongamento deve ser feitos com calma, pausadamente e aumentando sua intensidade gradualmente. Quando sentir que está em seu ponto máximo, permaneça na mesma posição por 10 a 15 segundos e depois passe para o próximo alongamento. É importante sempre estar atento à respiração, parte muito importante do alongamento. Ela deve ser rítmica, regular e lenta, acompanhando os movimentos.