Boas fontes de cálcio

Quando se fala em cálcio, instantaneamente nós lembramos do leite. Não é à toa. Ele é a principal fonte desse nutriente, que além de participar da formação e manutenção dos ossos e dos dentes, é fundamental para o crescimento, atua na coagulação sanguínea, na contração e relaxamento muscular, na transmissão de impulsos nervosos e no ritmo cardíaco.
A necessidade diária desse mineral varia conforme a idade, chegando a 1.200 miligramas por dia após os 50 anos.

Frente a tantas funções, esse mineral torna-se indispensável na alimentação diária, da infância à terceira idade, mas quem sofre de alergia ao leite ou intolerância à lactose, pode ficar tranquilo, que ele não é a única opção que possui cálcio, pois existem diversos alimentos que suprem a necessidade do cálcio.

Confira outras boas fontes de cálcio:

Tofu (queijo de proteína de soja): apresenta maior quantidade de cálcio do que o leite bovino, embora esse cálcio seja de origem vegetal, e não seja aproveitado pelo corpo em sua totalidade, ele deve sim ser consumido. Além do Cálcio, possui também proteínas, fósforo e magnésio. Além de ter apenas 70 kcal em 100 g.

Brócolis: cru contém 400 mg de cálcio em 100 g, mas não deve consumido desta maneira porque diminui a eficiência da tireoide. O ideal é cozido no vapor, apesar de na cocção perder aproximadamente 25% da quantidade inicial de cálcio, pois na cocção em água perderia cerca de 70% da quantidade inicial do nutriente. Ele é boa fonte de outros nutrientes, como ácido fólico, antioxidantes, fibras e vitaminas A e C.

Sardinha: é conhecida por ser fonte ômega 3, gordura de boa qualidade. Pode ser consumido assado, grelhado ou até em patê. Cada100 g de sardinha oferece 500 mg de cálcio. Além disso, é um alimento de fácil digestão e altamente recomendado para atingir as recomendações diárias de ingestão das vitaminas A e D.
Espinafre: cada 100 g do vegetal contém 160 mg de cálcio. Tem também alto teor de ferro, tornando indicado para prevenir a anemia ferropriva. A hortaliça pode ser consumida sozinha em saladas ou lanches simples ou cozido.

Semente de gergelim: pode ser encontrado até 400 mg de cálcio em cada 100 g do alimento. Também é recomendado para o intestino, para controlar a glicemia e no controle do peso, graças a alta concentração de fibras. Por fim, estudos mostram que as gorduras insaturadas presentes na semente de gergelim agem de forma positiva na regulação do colesterol e do triglicérides.

A aveia, linhaça, grão de bico e soja também são boas fontes de cálcio e de diversos outros nutrientes.

Além disso, a VitaVale, linha completa de nutracêuticos, vitaminas e óleos funcionais, contém dois produtos ideais a base de cálcio, ideais para o dia a dia. São eles: CalMagZin (Cálcio + Magnésio + Zinco) e Calcium (Cálcio 600mg + Vitamina D3).

Aproveite os benefícios!

Fonte: Site Minha Vida